top of page

1 mês longe das redes sociais

Oi pessoal!


Decidi que em setembro, tentarei ficar o mais afastada possível das redes sociais. Vem comigo que explico melhor nesse post.


Eu concordo muito que não devemos parar no tempo e que devemos acompanhar as tecnologias, a forma de viver que muda com o tempo, etc e tal. Porém, reparei que estou (e nesse post vou fazer uma análise apenas minha e não generalizada da sociedade, ok?) vivendo pras redes e não ao contrário. Ao invés das redes servirem de apoio para o meu trabalho, uma válvula de escape pra me distrair ou uma forma de manter contato com as pessoas, elas se tornaram a base de tudo.

O tempo inteiro pensando em criar coisas para postar, em fazer artes lindas pra rechear o feed, em só trabalhar em algo se esse algo for postável. O dia todo olhando ao meu redor e pensando "será que eu posso postar isso? isso aqui ficaria legal no feed? etc".


Na hora de me distrair, se não estiver com o celular na mão pra mostrar o que eu estava fazendo, como estou me divertindo, não rola. O mesmo pra me comunicar. Tudo sempre digital.


E, sinceramente, não vejo problema nisso se isso te deixa confortável. Mas não é assim que me sinto já faz algum tempo. Eu fico vendo profissionais incríveis que eu acompanho no Instagram se matando pra gravar conteúdo pro reels ao invés de focar em outras coisas que essas pessoas dizem gostar mais. Quer dizer, não tem problema gravar reels.


O que eu não quero é deixar de fazer as coisas que eu quero fazer porque passei 6 horas do meu dia gravando e editando um vídeo de 30 segundos que não vai mudar nada nem na minha vida nem na das outras pessoas. Não quero depender das redes sociais.


Tava rolando o feed hoje e em 20 publicações que apareceram na timeline do Instagram, uma era uma foto patrocinada, outra era um reels de uma foto (ou seja, um vídeo porém estático mas que o algoritmo entende como vídeo), uma foto normal e o todo o resto eram vídeos curtos. Praticamente todos, pensados numa tentativa de viralizar ou algo assim.


E ai eu percebi, mais uma vez, que ao invéis do Instagram (e outras redes) trabalharem pra gente (ajudando na divulgação, fazendo contatos, etc), estamos cada vez mais, a gente trabalhando para elas. Alimentando loucamente o feed. E mais uma vez eu repito: se pra você funciona, se você está gostando disso, tudo bem. Mas eu não estou.


Inclusive, privei meu Instagram esse mês justamente por isso. Apesar de ser um perfil profissional que eu quero sim que mais e mais pessoas vejam, foi uma forma de tirar um pouco a pressão. Com um perfil privado eu sei que usar hashtag não vai adiantar, que as pessoas não vão conseguir compartilhar nada, então não preciso ficar me matando pra aparecer no feed de deus e o mundo.


Bom, ainda estou tentando formular todos esses sentimentos e observações na minha cabeça porque nem eu entendendo ainda 100% o que quero dizer. Mas resolvi testar algo diferente e ver no que dá. Essa introdução toda foi pra fazer vocês começarem a refletir também se estão satisfeitos como as coisas estão caminhando e dar forças pra quem estiver precisando.


Também resolvi escrever tudo isso pra dizer que durante o mês de setembro, estarei mais ausente das redes. Não 100% porque meu trabalho ainda está muito vinculado a elas. Então, durante esse mês, continuarei postando minhas artes no feed, stories com as novidades aqui do site, do clube (que continua seguindo normalmente), enfim, coisas básicas do meu trabalho.


Mas diferente de antes, nesse mês, tentarei consumir o menos possível de conteúdo de rede social, interagir menos, ficar menos tempo com o celular na mão. Entrar, fazer o meu trabalho, responder quem tem que responder e tchau. Sem pressão de ficar o tempo todo procurando coisa legal pra postar.


E depois, em outubro, eu conto pra vocês como foi esse período, se valeu a pena, se foi um equívoco total, etc.


E vocês? O que pensam sobre esse assunto? Em uma época que tudo gira em torno do Instagram, você tem vontade de ficar um pouco mais ausente dessa loucura online de produção de conteúdo? Me conta aqui nos comentários como você se sente.


(Lembrando que o conteúdo aqui do site, blog, The Patternish Club, cursos e vídeos mais longos do canal e aulas, continuam normalmente, ok?)

79 visualizações4 comentários

Posts recentes

Ver tudo

4 Comments


Unknown member
Sep 02, 2022

Conncordo com vcs!! É uma ilusão, quem ganha é o instagram, a gente trabalha de graça pra eles.

o Patternish é uma grande oportunidade para aprender e compartilhar sem ficar correndo atras de posts

Like
Celina Godoy
Celina Godoy
Sep 02, 2022
Replying to

Sim! O Insta até é uma ótima forma da gente tirar proveito da exposição. O problema é que é algo completamente viciante e quando a gente vai ver, ta completamente dependente daquilo, criando conteúdo para alimentar o feed sem ter tempo pro que realmente importa, né? Fico muito feliz em saber que os conteúdos daqui do Patternish estão sendo úteis! De verdade! Muito obrigada! ❤️

Like

Eleny Eksterman
Eleny Eksterman
Sep 02, 2022

Acho uma ótima idéia, concordo com você, é uma corrida alucinada contra ( ou a favor) dos algoritmos. Também deixei de seguir muitas páginas que percebi eram essencialmente páginas vinculadas a marketings diversos, sem contar na vida "perfeita", destas pessoas, por isso atraem tantas parcerias. Começou a me fazer mal .. Estou aguardando para suas considerações pós-pausa das redes. Estou adorando o Patternish, é conteúdo para dar e vender! Beijos

Like
Celina Godoy
Celina Godoy
Sep 02, 2022
Replying to

Sim! É uma delícia ver coisa bonita. Mas quando a gente só vê tudo sempre muito perfeito começa a se questionar se estamos vivendo errado rs Eu adoro rede social mas vendo que isso está me consumindo mais do que devia, resolvi fazer esse teste pra ver se muda alguma coisa. Vamos ver no final do mês o que vou pensar a respeito. Que maravilha que está curtindo os conteúdos daqui ❤️ beijos!

Like
bottom of page