top of page

6 coisas para fazer durante a quarentena do coronavírus

Me conta aqui, você é do tipo que está ignorando o coronavírus ou do tipo que está em pânico? Taí algo que nunca achei que fosse escrever sobre: quarentena.

Parece algo surreal de filme de terror mas não é. A necessidade de isolamento social é real e se você puder, fique em casa. Ok, nem todo mundo pode não ir pro trabalho ou deixar de sair. Mas se você pode, evite ao máximo. É importante que (dentro do possível) você evite contato com outras pessoas. Não só pra sua segurança mas pra segurança de outras pessoas também - que podem ser mais vulneráveis do que você. E enquanto fica em casa, listei 6 coisas que você pode fazer durante a quarentena. No fim do post, tem dois links sobre o coronavírus para você se informar. Afinal de contas, o forte aqui é a criatividade.


1. Material para suas redes sociais

Você já deve ter visto dicas em tudo quanto é canto falando para postar com frequência no Instagram, por exemplo, né? E sim, essas plataformas adoram quem está sempre ativo e pode privilegiar o alcance desses produtores de conteúdo. Tanto porque você vai passar mais tempo no aplicativo quanto porque os seus seguidores também (consumindo seu conteúdo). Tenho certeza absoluta que você já pensou "nossa mas eu não tenho tantos desenhos pra postar", "eu nunca vou conseguir postar todo dia (ou 3x por semana, que seja)". Bom, agora chegou o momento. Crie uma programação de postagens e comece a produzi-las. Não é pra fazer 10 desenhos e postar tudo de uma vez. Poste uma vez por dia, ou de dois em dois dias. Enquanto isso, vá produzindo mais. Além de praticar (o que é fundamental na nossa área), seu alcance nas redes sociais irá aumentar consideravelmente. O mesmo vale pros stories: produza fotos ou grave vídeos, deixe salvo e vá soltando aos poucos. Pros stories é legal postar de 1 em 1 hora, por exemplo, pra garantir que sua "bolinha" esteja sempre entre as primeiras. E já que vai estar produzindo desenhos (ou estampas), é só ir gravando pequenos vídeos do processo caso não queira pensar em algo muito trabalhoso.

Dica: use alguma lista para ajudar na criatividade (tem inktober, mermay e muitos outros, é só pesquisar)

2. Organize todos os seus trabalhos e digitalize tudo

Se você cria estampas, vai precisar de um acervo com seus elementos certo? Separe todos os seus trabalhos de mídias tradicionais e organize em pastas (pode ser por tema, tamanho da folha, etc). Caso não tenha pasta, pode usar saquinhos de plastico ou envelopes. Coloque uma identificação do lado de fora, explicando pra você do futuro o que tem ali dentro: florais em aquarela, objetos em guache, técnicas variadas, experimentações e por ai vai. Particularmente, deixo uma pastinha na minha mesa para colocar os desenhos mais recentes. E com o passar dos dias, quando novos trabalhos forem surgindo, levo os antigos pras pastinhas de destino. Agora com tudo catalogado é hora de passar para o digital. Sente no pc, coloque o scanner bem perto de você e as pastinhas do lado. Crie uma pasta "acervo" e faça subpastas (pode usar a mesma classificação das pastas físicas). Digitalize todo o seu material para você usar futuramente nas estampas, mockups, postagens. Coloque um backup "nas nuvens" assim você não corre o risco de perdê-los.

Dica: visite essas pastas com frequência e limpe os elementos sempre que tiver tempo. Você pode guarda-los dentro de subpastas intituladas "tratados". Assim, quando for criar algo, não vai ter que parar pra limpar. Parece chato e trabalhoso mas poupa um tempão depois!

3. Aproveite o que já pagou

Sabe aquele curso que você pagou mas não teve tempo de começar? Ou que deixou pela metade pra ir fazer outra coisa? Pois é! Ta na hora de fazer valer o seu suado dinheirinho. Comece de novo e vá até o fim. Assista as aulas do zero e pratique tudo que foi ensinado. Aproveite para pesquisar sobre os detalhes. O professor falou um termo que você não sabe o que é? Abra o Google e vá conferir. Também pode ser o momento ideal para você começar um curso novo. Se você é daqueles que sempre usava a desculpa "ah não tenho tempo", agora é a hora de largar essa desculpa de lado e começar o que você sempre sonhou. Inclusive os cursos lá no site estão em promoção. Clica aqui pra conferir. O importante é aproveitar esse tempo que você provavelmente passará longe das suas atividades de trabalho para fazer o que está sempre adiando.

Dica: a grana ta curta? O youtube está ai cheio de conteúdo te esperando. Clica aqui para ir lá pro canal ou aqui para ir pro meu Instagram (deixei nos destaques uma série de canais além do meu pra você assistir). 4. Conteúdo extra

Provavelmente os produtores de conteúdo vão dobrar as publicações, vídeos e lives. Não só porque eles estarão em casa (normalmente a gente já fica) mas principalmente porque sabemos que você estará. Isso vai ser algo muito valioso pros dois lados. Tanto aumentará o engajamento para quem produz conteúdo quanto terá mais coisa circulando na internet. Então se você quer aproveitar ao máximo, fique sempre de olho nos perfis que curte e interaja para garantir que a próxima publicação vai aparecer pra você. Consuma tudo! Veja todos os vídeos, faça maratonas, participe das lives, aproveite para tirar as dúvidas, trocar figurinhas, se conectar com as pessoas. O isolamento físico nesse momento é necessário mas não significa que você não possa continuar conectado virtualmente com as pessoas.

Dica: ative as notificações dos perfis que mais gosta assim você receberá uma notificação toda vez que o perfil postar algo novo ou estiver transmitindo ao vivo. Inclusive, ative as notificações do meu perfil porque estou fazendo lives com muita frequência e você ta perdendo!


5. Organizar o cantinho de trabalho e limpar os materiais

Ser artista da trabalho e faz bagunça. Não importa se você trabalha com bordado, colagem ou tinta. Sempre vai ter alguma coisa espalhada ou caída no chão. Então mãos a obra! Eu gosto de tirar tudo do cômodo que vou limpar e organizar. Assim fica mais fácil filtrar o que de fato precisa estar ali, o que ta lo lugar errado e o que tem que ir pro lixo. Tira tudoooo! Coloca em outra lugar e comece pela limpeza do ambiente. Enquanto limpa, vá planejando o que você quer colocar em cada cantinho. Da play numa música (ou no meu podcast), deixa a preguiça de lado que depois vai compensar. Terminou de limpar? Agora separa o que vai entrar, o que vai pra outro lugar e o que jogar fora (separa pra doação o que ainda ta bacana). Antes de colocar as coisas no lugar que planejou, limpe-as também. Lave os godês, pincéis, equipamentos eletrônicos. Tudinho! Limpar e renovar o ambiente ajuda na disposição pra começar os trabalhos. E sempre que terminar o dia, tente deixar tudo organizado pro dia seguinte.

Dica: Aproveite para mudar os móveis de lugar ou redecorar alguma coisa. Pregar alguns quadros, pintar uma parede (se já tiver tinta em casa), colocar um tapete ou uma plantinha.

6. Planeje os seus próximos passos

Ao contrário da pequena eva, esse não é o fim da aventura humana na terra (assim espero kkkktenso), então aproveite esse período para refletir e decidir o que você pretende fazer quando tudo isso passar. Se você pensa em pedir demissão para trabalhar com outra coisa, é o momento de traçar esse plano. É claro que você não pode ignorar completamente a sua situação. Talvez você tenha filhos, cuide dos pais, tenha que sustentar uma casa. Planejar os próximos passos não é apenas planejar um pedido de demissão e sim, o que você precisa fazer para que esse fatídico dia aconteça. Quando resolvi sair do meu trabalho, passei um ano planejando como eu ia ganhar dinheiro depois que eu saísse. Então além de pensar no que eu ia fazer - dar aulas, comecei a lecionar ainda enquanto trabalhava. Eu saía do trabalho às 18 horas e às 19 já estava dando aula. Foi exaustivo? Foi! Muito! Mas também foi fundamental para que eu tivesse segurança e autoridade quando precisasse viver apenas disso. Então eu planejava tudo que eu ia ensinar, como ia ensinar, pensava em como ia me divulgar e por ai vai. Se você estruturar bem as grandes decisões, a chance de dar errado é bem menor. Crie uma planilha ou separe um caderno só para isso. Anote tudo o que você vai fazer e como vai fazer.

Dica: todo plano precisa de uma data pra acontecer. Planeje bem e defina datas para cada etapa e uma data final pro seu objetivo. Foi assim que pedi demissão: estipulei que no dia do meu niver, ia conversar com meu chefe. E assim foi.


Enfim, são muitas as possibilidades de atividades que você pode fazer enquanto estiver em casa. Tentei focar naquelas que mais têm a ver com o nosso universo. E você? Vai fazer o que nesse período? Seja o que for, haja com responsabilidade, tenha empatia, e colabore para que possamos enfrentar essa pandemia da melhor forma possível. Átila Iamarino https://www.youtube.com/watch?v=Y10vCOXxtds

74 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page