top of page

Estampa comercial?

Oi pessoal! Vocês com certeza já ouviram ou leram o termo "estampa comercial", né? Seja de um cliente no momento do briefing ou numa aplicação para sites de licenciamento como o Patternbank. Mas o que é uma estampa comercial?

Bom, falando de forma bem fácil e simplificada, estampa comercial é uma arte que tem um enorme potencial de venda. Sabe aquele produto que você olha e pensa "nossa isso aqui com certeza vai vender rápido"? É igual com com as estampas! Uma estampa comercial é uma arte que com certeza vai ser vendida facilmente. Mas o que torna a torna comercial? Quais são as características de uma estampa comercial? Por que ela tem mais potencial de venda? Primeiro, é importante reforçar e entender que "ser comercial" é algo que vai variar de acordo com diversos fatores. Uma estampa que é comercial para X pode não ser para Y. Apesar de existirem estampas clássicas, não existe uma unanimidade quando falamos de arte comercial. Pensa comigo: a marca X é de Londres e produz muitos terninhos para senhorinhas. A marca Y é brasileira de moda praia para jovens adultos. Mesmo que exista a possibilidade dessas duas marcas comprarem uma mesma estampa em um banco de imagens, digamos que a estampa "carro chefe" de cada um dessas duas marcas, definitivamente, não é a mesma. Estamos falando de um público completamente diferente. Seja cultural ou regionalmente. Temperatura (clima) e nichos diferentes. Faixa etária diferentes. É (quase) impossível que a mesma arte que venda feito água nos terninhos das senhorinhas londrinas seja a mesma estampada nos bikinis descolados e ousados das cariocas.


Então, para se ter uma estampa comercial, primeiro é preciso pensar na marca que você vai atender e no público dessa marca. Eu não vou comentar aqui sobre trabalhos sob demanda (freelas) porque nesses casos, o seu próprio cliente vai te dizer o que é comercial. Ninguém conhece melhor o público da marca e o que é sucesso de vendas do que a pessoa que está te contratando. Aqui, vou falar mais especificamente para banco de imagens e acervos prontos que podemos enviar aos clientes.


Como criamos uma estampa comercial para um banco de imagens que tem diversos clientes, de lugares diferentes do mundo, segmentos e nichos completamente diferentes? Primeiro, precisamos pensar nas estampas clássicas. Estampas que existem em qualquer lugar do mundo, em qualquer estação do ano, coleção e etc. Listrados, xadrez, florais, geométricos, manchas. Esses grandes grupos de estilos de estampa estão sempre presentes. Segundo, particularmente, gosto de definir um público para essa arte. Mesmo que eu esteja vendendo em um banco de imagem no qual qualquer pessoa possa comprar, gosto de direcionar minhas criações para um público específico. É aquela velha história de "quem quer tudo acaba não tendo nada". Sendo assim, defino um mini briefing mental para estampa que estou criando: vai ser uma estampa para decoração, mais sóbria, vou trabalhar elementos geométricos (esse é o gancho do comercial) e vou adicionar algo a mais.


Esse "algo a mais" é o terceiro ponto. Porque não basta pegar uma estampa clássica, tipo um pied de poule e fazer exatamente, tal qual já existem várias no mercado. Agora entra um momento de pesquisa e análise de tendência. É nessa hora que adiciono um temperinho, para que o cliente que sabe que o pied de poule é bem comercial para ele mas não quer fazer mais do mesmo. Quais cores estão em alta ou foram apontadas como "cores do ano"? Qual a estação do ano esse "cliente imaginário" está trabalhando agora? Por mais que a coloração de uma estampa possa ser modificada por esse cliente depois, preciso pensar com cuidado na cartela que vou escolher porque ela vai ajudar a atrair o cliente. A fazer os olhinhos brilharem e escolher o meu trabalho ao invés dos milhares de outros que existem por ai.


Parte desse tempero também é composto pelo meu próprio estilo. Por exemplo: nas estampas de textura e animal print, eu sou viciada em um mood caótico, cheio de sobreposições. E isso é uma das coisas que faz do meu trabalho mais único e com a minha carinha. Se eu sei que estampa de oncinha costuma ter uma saída boa (ou seja, é comercial), vou pensar como posso fazer uma estampa de oncinha única, com detalhes que estão em alta e ao mesmo tempo adicionando um pouco da minha identidade nesse trabalho.


Então, para resumir, para criar uma estampa comercial (principalmente para banco de imagens) você deve levar em consideração estilos de estampas que sempre aparecem em todas as coleções (claro, com variações de acordo com a tendência da vez), qual variação desse estilo de estampa está em alta (se é xadrez, qual tipo de xadrez está mais em alta?), quais são as tendências globais (como cartela de cor, tamanho dos elementos, composições, temas) e por fim, adicionar aquele temperinho que só você sabe fazer (porque se for para reproduzir algo que já existe, nem vale o esforço).


Enfim, essa é a minha visão do que é uma estampa comercial e o que costumo levar em conta na hora de criar uma arte que tem grande potencial de venda. E pra você? O que é uma estampa comercial? Você tem alguma dificuldade em criar artes comerciais? Deixa aqui nos comentários pra gente continuar esse papo (que é tem muuuitas variantes).

52 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page